terça-feira, 13 de junho de 2006

Alceu Valença [1974] Molhado De Suor


Intérprete: Alceu Valença
Álbum: Molhado De Suor
Ano: 1974
Selo/Gravadora: Som Livre
Nº de catálogo: 403.6060


1. Borboleta
(Alceu Valença)
2. Punhal de Prata
(Alceu Valença)
3. Dia Branco
(Alceu Valença)
4. Cabelos Longos
(Alceu Valença)
5. Chutando Pedras
(Alceu Valença)
6. Molhado de Suor
(Alceu Valença)
7. Mensageira dos Anjos
(Alceu Valença)
8. Papagaio do Futuro
(Alceu Valença)
9. Dente de Ocidente
(Alceu Valença)
10. Pedras de Sal
(Alceu Valença)

OUVIR

5 comentários:

Diana Torres disse...

Gosto do Alceu, ele tem grandes composições. Pena que ele não tem se preocupado em fazer apresentações, com produções legais, novas composições... A gente só escuta falar no Alceu quando chega o Carnaval, ele se fantasia todo e fica lá em Olinda fazendo showzinhos ou então na varanda de sua casa.
Um grande nome no cenário nacional, pernambucano, que inova, que traz belas composições, um grande músico! Lenine!!! Esse eu sou fã.

Um abraço.

tainá disse...

Alceu Valença não tem obrigação de fazer mais nada. Faz se quiser. Diga o correto: VOCÊ só ouve falar de Alceu no carnaval. E na moral Lenine é um chato, com aquele funkizinho básico, aquelas letrinhas classe média "sou da paz" - perfeitas trilhas sonoras de novela das 7. "O mundo vai girando cada vez mais veloz..." Uau! vai ser senso comum assim lá na China.

Andre disse...

É verdade. Lenine ninguém merece.

Vinícius disse...

Vomitemos todos!

xtián disse...

gracias por el disco, será escuchado de inmediato.